até
quarta-feira, 20 de maio de 2020
Sem parar

Assistência Técnica e Gerencial ajuda produtores rurais mineiros na busca por soluções para aumentar produtividade e renda, em tempos de coronavírus

Técnicos do Programa de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) do SENAR Minas têm se esforçado para garantir a orientação aos produtores rurais do estado. Com o início da pandemia do coronavírus e as medidas para evitar a propagação da Covid-19, houve mudanças no atendimento. No entanto, o trabalho não parou e pequenos agricultores e pecuaristas seguem com o suporte, que ficou ainda mais necessário para ajudar a aumentar a produtividade, a comercialização dos produtos e a renda.

O atendimento remoto é uma das alternativas oferecidas. Mas nem todos os produtores têm acesso à internet de qualidade ou conseguem utilizar aplicativos. Diante disto, os técnicos estão personalizando os trabalhos e continuam com atendimentos em campo, tomando todos os cuidados recomentados pelo Ministério da Saúde, para evitar a propagação do coronavírus.

Em Minas, cerca de 20% dos atendimentos têm sido remotos. O restante continua presencial.

Luiz Carlos Gomes de Azevedo é técnico da ATeG em Salinas e Taiobeiras. Ele atende 30 produtores de leite. Como a região passou por um forte período de seca até março, a situação era crítica. Com o início das chuvas, que coincidiu com o começo da pandemia, tinham que começar o plantio de pastagens, capineiras, milho e palma forrageira. “Se não continuasse o atendimento em campo, o trabalho e a produção de todo o resto do ano ficariam comprometidos. O produtor passaria dificuldades.”

Para evitar riscos, Luiz Carlos faz o atendimento em áreas abertas, com a distância de segurança mantida, com máscaras (ele leva para os produtores que não têm) e é promovida a higienização com álcool gel. Se há algum risco, a orientação é dada por telefone ou whatsapp e a visita é adiada. Desta forma, produtores como Otávio Ferreira Mendes, de Salinas, não vão registrar prejuízos.

ATENDIMENTO SEGURO

Em Brumadinho, Mário Campos e Sarzedo a técnica da ATeG Janaína de Souza não interrompeu os atendimento aos produtores de hortaliças, frutas e leite de cabras e ovelhas. Ela também segue todas as medidas de segurança ao visitar 60 participantes do projeto SuperAção Brumadinho. Os produtores já tinham sofrido com chuvas intensas no início do ano. Produção e produtividade estavam abalados, quando teve início a pandemia do coronavírus.

“Chegamos para ajudar a superar o rompimento da barragem, enfrentamos os danos da chuva e agora temos que superar a pandemia do coronavírus. Vimos que é preciso ter o olho no olho do produtor, seguindo todas as recomendações dos órgãos de saúde, de cada município e do SENAR.”

Janaína afirma que não é possível deixar o produtor sem amparo em momento tão delicado porque muitas das culturas são perecíveis e as cadeias são sensíveis a instabilidades. “Eles precisam de uma atenção maior para avaliar as novas perspectivas.” Foi o que ocorreu com Gustavo Morais Dias. Ele estava iniciando o cultivo de tomates, em Brumadinho, e precisava das orientações para gestão e planejamento. O atendimento foi feito com máscaras, álcool gel, distanciamento e em local arejado. O cronograma foi ajustado, mas a estrutura de cultivo protegido está pronta. Com isso, plantio e colheita poderão ser feitos.

O atendimento remoto abre a possibilidade de trabalhar a sucessão familiar, pois o uso das novas tecnologias traz o ganho indireto de engajar o jovem. As novas tecnologias são interessantes, mas não devemos abrir mão da visita presencial. Ela é importante para fidelizar o produtor e criar um laço de confiança com ele.”

Christiano Nascif, superintendente do SENAR Minas

“Nos casos em que os produtores não têm intimidade com o atendimento remoto, seguimos com o trabalho atendendo às recomendações dos órgãos de saúde, como o distanciamento e o uso de máscara e álcool gel. A grande maioria dos técnicos também optou pela continuidade do atendimento presencial.”

Luiz Ronilson Araújo Paiva, coordenador de Formação Profissional Rural do SENAR Minas

Últimas notícias publicadas
22/05/2020 Demandas Ambientais
22/05/2020 Cafeicultura gera emprego e renda, apesar da pandemia
22/05/2020 Conseleite: valores de referência em maio
20/05/2020 Sem parar
20/05/2020 Auxílio emergencial
19/05/2020 Questões ambientais em discussão
19/05/2020 Vendas online ‘salvam’ família em Bambuí
18/05/2020 A importância da qualidade do solo
14/05/2020 Exportação do agronegócio contribui com quase 50% do saldo da balança comercial mineira
12/05/2020 Como fazer leilões de gado
Ver todas
FAEMG
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3000
E-mail: faemg@faemg.org.br
Senar Minas
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3074
E-mail: senar@senarminas.org.br
INAES
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3109
E-mail: inaes@inaes.org.br
Sindicatos
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3028
E-mail: asind@faemg.org.br