até
terça-feira, 15 de setembro de 2020
Agrotalks – Como investir em startups

 

A terceira edição do Agrotalks reuniu especialistas para uma conversa sobre investimento em startups. O tema está em sintonia com as transformações e as necessidades do momento atual, em que investir em empresas inovadoras é uma excelente alternativa. A live foi conduzida pelo CEO da NovoAgro Ventures (parceria entre a FCJ Venture Builder – maior rede de fomento de startups da América Latina – e o Sistema FAEMG/SENAR/INAES), Leonardo Dias, nesta terça-feira (15).

Veja os destaques do painel:

Gilberto Girardi – diretor executivo da Lampedusa Participações

A startup tem o seu ciclo de vida: nascimento, maturidade e consolidação. Em cada etapa da startup, há agentes que vão aportar recurso para o crescimento: investidor anjo, capital semente, venture builder. A vida de investidor é como a do produtor: tem que esperar para colher.

O empreendedor, em geral, não pensa no momento da saída do negócio, da venda. Em cada etapa do ciclo da startup, é importante ter claro as estratégias da saída. Por isso a importância de agentes de investimento para dar essa expertise para construir esse cenário de saída.

Está cada vez mais claro que, com a nova economia, startups são uma ótima opção de investimento. Elas produzem grande transformação e impacto na sociedade, devolvem algo a mais para o próprio segmento. Como todo investimento, é preciso entender os ciclos e riscos. Melhor forma é usar veículos como NovoAgro, Agroven, que vão dar tratamento estrutural a todo esse processo, investindo recurso em uma empresa que faça sentido do ponto de vista do mercado e em mecanismo que vai acompanhar.

Marcia Vieira – CEO MVI Bank

Incentivar o investimento em inovação, especialmente no agro, agora, é uma questão de sobrevivência. Startup não é um modelo tradicional de empresa em miniatura e já nasce com um DNA diferenciado para resolver uma dor no mercado. O modelo de nascimento da startup é uma semente de algo muito grande. Tem que ter, desde o início, os insumos necessários para ser gigantesca. Investir em startup é fundamental para transformar o capital em algo útil e produtivo para a sociedade.

Vimos o nascimento do ecossistema de startups em São Paulo e Minas Gerais há dez anos. Essa experiência mostrou, principalmente, o que causava o alto índice de mortalidade de startup (80%), mesmo com excelentes ideias e empreendedores muito preparados. E vimos fundos com recursos para serem aportados e não conseguindo. Isso inspirou a criação do banco de projetos para investimento, que visa melhor estruturar e amadurecer a ideia e trabalhar com modelos mais adequados às startups.

Começou a surgir um modelo de investidor que tinha a ideia, queria criar uma startup e aportar na própria ideia, mas não tinha conhecimento. Há o perfil de investidor que busca alternativas e quer colocar parte do seu recurso em negócios inovadores. É uma nova mentalidade de investir onde há propósito, com potencial transformador.

O empreendedor não tem que saber em profundidade sobre inovação, tem que se juntar a quem tem experiência, mas tem que dominar sobre o seu negócio. Seja estudioso, teste para estar nesse movimento e se conecte a parceiros.

Maurício Rocha Silva Lemos – Diretor de Operações da Agroven

Se a startup tem propósito e escala, vai ter dinheiro na jogada. Como é que um negócio que está começando e gera expectativa levanta tanto dinheiro? Se eu me provo como um empreendedor e tenho uma tese que atende a dor do mercado, o dinheiro vem antes. Essa é a principal diferença para a economia tradicional. É um jogo muito forte de aposta com retorno e você tem que medir bem a tomada de risco.

 
A entrega da Agroven para quem é associado é uma tese de investimento. Investimos no early stage operacional de startups do agronegócio, empresa que já vendeu e está interessada no smart money. Por isso, investimos no empreendedor que já comercializou e que ainda não sabe o modelo de negócio que vai ter no futuro. Nós é que vamos ajudá-lo nisso. O nosso clube é voltado para o empresário do agronegócio que quer participar dessa nova economia e tem o entendimento do setor produtivo agro. Juntos, fazemos uma análise a partir da base com mais de 950 startups. Levamos oportunidades a quem é capaz de influenciar a execução dessa startup.
 

Para jogar o jogo certo do capital de risco, a startup é uma alternativa, desde que se entenda o risco, não compare sua operação com as demais transações no mercado, tenha as melhores conexões, enxergue-se como investidor e não como o dono, e acerte rápido (isso é fundamental).

 

Leonardo Dias – CEO da NovoAgro Ventures

Para a gente ser o celeiro do mundo, a tecnologia precisa chegar ao produtor rural, e a maneira mais fácil para isso ocorrer é por meio das startups.

A NovoAgro Ventures é o nosso fundo de investimento em startups, em parceria com o Sistema FAEMG. Estamos fazendo a ponte entre empresas incubadas e aceleradas com a saída, dando a mão para ela estar mais estruturada para a gente fazer a venda, gerando resultado para os investidores. Com a conexão com o mercado, vai melhorar as vendas, crescer o valor da empresa e aumentar o interesse de grandes empresas na compra dessas startups. Quem vem com a gente vai ter a oportunidade estruturada para rever o seu recurso à medida que os negócios vão crescendo. É o modelo mais seguro em investimento em startup.

Últimas notícias publicadas
14/10/2020 Soja Plus chega a Regional de Passos em 2021
09/10/2020 Soja Plus - mais produtores atendidos em Campo Florido
07/10/2020 Lista de classificados para a segunda etapa do desafio
05/10/2020 Desafio AgroJovem promove primeira etapa classificatória
29/09/2020 AgroConecta – Rodada de Negócios
24/09/2020 Programa Soja Plus reforça atuação no Sul de Minas
15/09/2020 Agrotalks – Como investir em startups
09/09/2020 AgroJovem - Está lançado o desafio!
04/09/2020 Lançamento Desafio AgroJovem
24/08/2020 Vem aí o Agrotalks - Como investir em startups
Ver todas
FAEMG
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3000
E-mail: faemg@faemg.org.br
Senar Minas
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3074
E-mail: senar@senarminas.org.br
INAES
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3109
E-mail: inaes@inaes.org.br
Sindicatos
Avenida do Contorno, 1.771 - Floresta
Belo Horizonte – 30.110-005
Fone: (31) 3074-3028
E-mail: asind@faemg.org.br