SuperAção Brumadinho: SENAR inicia trabalho de assistência técnica a produtores atingidos

Os técnicos de campo do projeto Senar SuperAção Brumadinho iniciaram, neste mês, o acompanhamento técnico de 480 famílias rurais impactadas pelo rompimento da barragem na região, em Minas Gerais.

Anderson Gustavo Gomes, técnico de campo, mostra cebolinha danificada na Fazenda Casa Branca, do produtor Rafael Campos

Durante dois anos, serão realizadas ações gratuitas de Assistência Técnica e Gerencial, Formação Profissional Rural e Promoção Social para recuperação e melhoria da produção agropecuária local por profissionais de ciências agrárias.

O projeto envolve o Sistema CNA/Senar, a Faemg (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais) e o Senar-MG com parceria do Ministério da Cidadania, Aliança Brumadinho.

Assista ao vídeo sobre o trabalho desenvolvido:

 

Desde que foi lançado, em julho de 2019, o Senar SuperAção Brumadinho já passou por três etapas de trabalho, como o estudo individualizado de características sociais e potencial produtivo da região e das famílias envolvidas, viabilização das ações, mobilização das famílias e capacitação dos técnicos na metodologia de Assistência Técnica e Gerencial do Senar.

Durante o mapeamento realizado pelo Senar no município foram identificadas propriedades que atuam nas áreas de avicultura, bovinocultura de leite e de corte, olericultura (produção de hortaliças) e fruticultura.

De acordo com a coordenadora nacional do projeto SuperAção Brumadinho no Senar, Luana Frossard, as circunstâncias pelas quais os produtores passaram e continuam enfrentando foram consideradas na elaboração do projeto.

 

A coordenadora nacional do Senar SuperAção Brumadinho, Luana Frossard
A coordenadora nacional do Senar SuperAção Brumadinho, Luana Frossard

“Os produtores receberão orientação técnica para maximizar as atividades da propriedade rural, utilizando os recursos disponíveis e não apenas focados em uma única atividade produtiva. Isso vai criar oportunidades para que eles tenham geração de renda e melhorem a qualidade de vida”, destacou Luana.

 

O coordenador do SuperAção Brumadinho no Senar-MG, Harrison Belico
O coordenador do SuperAção Brumadinho no Senar-MG, Harrison Belico

 

Para o coordenador do SuperAção Brumadinho do Senar-MG, Harrison Belico, o projeto trará benefício para a população rural impactada direta e indiretamente pelo rompimento da barragem.

“Após o rompimento da barragem foi notado certo número de empresas que tiveram interesse em apoiar a população do município. Por isso, outra vertente do projeto é orientar os produtores para que eles tenham oportunidade de comercializar seus produtos para demais instituições que compõem a Aliança por Brumadinho”, observou.

Rafael Campos produz hortaliças em uma área de 16 hectares em Brumadinho há quatro anos. Quando houve o rompimento da barragem, ficou sem energia elétrica e sem acesso à fazenda. “Perdemos cerca de 80% da produção porque não tínhamos como chegar ao local e nem energia para a irrigação”.

 

O produtor de hortaliças, Rafael Campos, é atendido pelo Senar SuperAção Brumadinho
O produtor de hortaliças, Rafael Campos, é atendido pelo Senar SuperAção Brumadinho

 

“Com tudo o que vivenciamos estava difícil produzir, agora com a ajuda técnica teremos um amparo para recomeçar”, disse Rafael.