Conheça a FAEMG

A FAEMG (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais) defende os interesses dos produtores rurais do estado.

Crédito Rural

Veja informações sobre os financiamentos destinados aos produtores rurais, cooperativas ou associações para fomentar a produção e comercialização de produtos agropecuários.

Informações Jurídicas

Acesse os documentos disponibilizados pela Assessoria Jurídica para auxiliar os produtores rurais.

Contribuição Sindical
Leiloeiros Rurais

Veja todas as informações sobre os leiloeiros rurais do estado de Minas Gerais.

Compartilhe


Comissão recebe entidades do setor de cana-de-açúcar

COMISSÃO TÉCNICA DE CANA-DE-AÇÚCAR
ESCRITO POR JULIANA FIDELIS, DE UBERABA
19/05/2023 . SISTEMA FAEMG, SINDICATOS, SENAR, FAEMG

A 6ª reunião da Comissão Técnica de Cana-de-açúcar do Sistema Faemg Senar recebeu entidades representativas do setor, na quarta-feira (17/05), em Campo Florido. Integrantes da Organização de Associações de Produtores de Cana do Brasil (Orplana), da Federação dos Plantadores de Cana do Brasil (Feplana), da Associação das Indústrias Sucroenergéticas de Minas Gerais (Siamig) e de associações de fornecedores, entre elas a Associação de Fornecedores de Cana da Região de Campo Florido (Canacampo), atenderam ao convite para debater as demandas do setor. Parte dos membros da Comissão acompanhou a reunião por transmissão on-line.

O presidente da Comissão, Márcio Guapo, destacou que a reunião foi um exemplo do crescimento do trabalho realizado ao longo do primeiro ano de atividades. “Hoje foi uma mostra de que amadurecemos muito. Trouxemos entidades que representam o produtor, com debates muito profissionais, e também tivemos representante das indústrias. Nós defendemos o produtor de cana, mas é importante ter a indústria junto neste processo. Neste período, também tivemos uma aproximação do Sistema Faemg Senar com o setor sucroalcooleiro”, afirmou Guapo, que recordou o lançamento das campanhas Movido pelo Agro e Produtor Responsável, em parceria com a Siamig.

 

Presidente da Comissão Técnica, Márcio Guapo, e o presidente da Siamig, Mário Campos

O CEO da Orplana, José Guilherme Nogueira, ressaltou os desafios e oportunidades do setor, como melhorar a comunicação interna e externa; tratar da rentabilidade do produtor, pensando na precificação de cana e outras formas para ele ser melhor remunerado; agregar serviços de valor junto às usinas; entre outras. “O objetivo é único, de defesa do produtor rural e melhoria da sua rentabilidade dentro da cadeia. As discussões foram fundamentais para trazer a união entre as entidades e buscar ainda mais esse desenvolvimento”, concluiu.

O diretor da Feplana, Luiz Henrique Scabello de Oliveira, apresentou o histórico da entidade e tratou da Lei de Proteção de Cultivares e seus impactos para a cadeia produtiva. “Essa legislação está sofrendo uma modificação e existem questões sensíveis em relação à cana-de-açúcar que nós precisamos tratar no Congresso Nacional, para que atenda às necessidades do produtor”, afirmou. Ele ressaltou que o país possui cerca de 60 mil produtores de cana e todos, incluindo os pequenos, precisam participar dos debates do setor. Outro assunto abordado foi a necessidade de revisão do cálculo do ATR (Açúcar Total Recuperável), que é atrelado ao preço dos produtos finais da produção de cana e utilizado para efetuar o pagamento dos fornecedores.

Reunião da Comissão Técnica de Cana-de-açúcar do Sistema Faemg Senar, realizada na sede da Canacampo, em Campo Florido 

Também presente na reunião, o presidente da Siamig, Mário Campos, elogiou o trabalho do presidente da Comissão, lembrando seu empenho nas parcerias desenvolvidas com o Sistema Faemg Senar. “Lançamos o ‘Movido pelo Agro’, que incentiva a utilização do etanol. Já temos muitos veículos circulando com o adesivo da campanha e é uma iniciativa que deve ser levada para outros estados, por meio das federações”, completou. Mário Campos aproveitou para convidar os participantes para o lançamento da Frente Parlamentar do Etanol, no dia 13 de junho, em Brasília.

Um dos membros da Comissão Técnica e coordenador agrícola da Canacampo, Rodrigo Piau, avaliou que a reunião com a participação das entidades foi um marco histórico do Sistema Faemg Senar. “95% das pautas do setor sucroenergético é comum, por isso esta união é interesse de todos”, afirmou. A reunião da Comissão Técnica foi realizada na sede da Canacampo.

}