Conheça a FAEMG

A FAEMG (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais) defende os interesses dos produtores rurais do estado.

Crédito Rural

Veja informações sobre os financiamentos destinados aos produtores rurais, cooperativas ou associações para fomentar a produção e comercialização de produtos agropecuários.

Informações Jurídicas

Acesse os documentos disponibilizados pela Assessoria Jurídica para auxiliar os produtores rurais.

Contribuição Sindical
Leiloeiros Rurais

Veja todas as informações sobre os leiloeiros rurais do estado de Minas Gerais.

Compartilhe

Feromônio para confundir insetos

TECNOLOGIA E INOVAÇÃO
ESCRITO POR AGEVOLUTION
08/03/2021 . INAES
Fundação Bill & Melinda Gates
investiu na startup com
objetivo de ajudar pequenos agricultores

A agtech Provivi anunciou, na semana passada, um aporte de US$ 10 milhões pela Fundação Bill & Melinda Gates em suas soluções com uso de feromônios para proteger grandes plantações contra insetos.

O volume visa promover ainda mais ações de caridade da Fundação com inovações para pequenos agricultores. A agtech, criada por um brasileiro, havia anunciado recentemente outra arrecadação de US$ 45,5 milhões.

O financiamento apoiará a produção e distribuição de protetores de safra para combater as pragas, que têm um grande impacto nos pequenos produtores em países em desenvolvimento.

O programa se concentrará em vários projetos individuais para desenvolver e fornecer produtos de interrupção de acasalamento à base de feromônio da Provivi. Estas soluções atuam contra a broca em arroz e a lagarta-do-cartucho em milho e serão entregues a pequenos agricultores no Quênia, Bangladesh e Índia.

“O investimento sinaliza um novo e significativo marco no crescimento de nossa empresa. Somos gratos por unir forças com uma organização como a Fundação, já que seu investimento mostra confiança nas capacidades da Provivi e prova da missão compartilhada e valores centrais”, disse o Dr. Pedro Coelho, cofundador e CEO da Provivi.

Segundo ele, uma missão central da Provivi é garantir a disponibilidade dos produtos para os agricultores em países em desenvolvimento, que podem se beneficiar ao usar esta tecnologia “segura e confiável”.

“Com esta colaboração, vamos alavancar a tecnologia recentemente registrada e comercializados no México, Brasil e Quênia. Nossos produtos melhorarão a vida dos agricultores, ajudando-os a prevenir ataques de insetos em suas colheitas e a garantir o fornecimento de seus alimentos básicos sem colocar sua saúde ou o meio ambiente em risco”, completou.

Biológicos

Provivi desenvolve soluções de feromônio seguras, eficazes e econômicas, criando uma nova base para o manejo de pragas e resistência na produção agrícola.

Feromônios são substâncias que atuam como atrativos altamente seletivos para insetos, permitindo o controle de pragas nocivas ao mesmo tempo em que preserva os insetos benéficos.

O método de produção patenteado da Provivi permite uma mudança radical no custo de fabricação de feromônios, permitindo o uso desta ferramenta comprovada em grandes áreas de lavouras de milho, arroz e soja.

Feromônios são substâncias produzidas naturalmente que têm sido usadas comercialmente para interromper o acasalamento de pragas de insetos por mais de 30 anos.

Atualmente, eles são aplicados em aproximadamente dois milhões de acres de safras permanentes de alto valor, como maçãs, uvas e nozes. Os benefícios do uso de feromônios estão bem estabelecidos na literatura científica: possibilitam a redução de resíduos nocivos nos alimentos preservando a biodiversidade.

O princípio por trás da Ruptura de Acasalamento é usar os feromônios sexuais específicos de uma espécie de inseto e saturar o campo com as substâncias geralmente emitidas pelas fêmeas para atrair os machos para permitir o acasalamento.

A alta concentração de feromônios confunde os insetos machos, e eles não conseguem encontrar as fêmeas. O acasalamento é evitado e o crescimento da infestação de pragas é controlado de forma preventiva sem matar insetos. (com informações da assessoria de imprensa)