Conheça a FAEMG

A FAEMG (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais) defende os interesses dos produtores rurais do estado.

Crédito Rural

Veja informações sobre os financiamentos destinados aos produtores rurais, cooperativas ou associações para fomentar a produção e comercialização de produtos agropecuários.

Informações Jurídicas

Acesse os documentos disponibilizados pela Assessoria Jurídica para auxiliar os produtores rurais.

Contribuição Sindical
Leiloeiros Rurais

Veja todas as informações sobre os leiloeiros rurais do estado de Minas Gerais.

Compartilhe


Seminário agrega conteúdo para produtores e técnicos

FESTIVAL DO QUEIJO ARTESANAL DE MINAS
ESCRITO POR FERNANDA TEIXEIRA E NATHALIE GUIMARÃES, DE BELO HORIZONTE
14/06/2024 . SISTEMA FAEMG, SINDICATOS, SENAR, FAEMG

Técnicos de campo, instrutores, produtores e outros profissionais ligados à produção do Queijo Artesanal de Minas (QAM) reuniram-se nesta sexta-feira (14/6), no Expominas, em Belo Horizonte, durante o 6º Festival do Queijo Artesanal de Minas. O encontro discutiu assuntos de interesse da cadeia produtiva por meio de dois painéis com os temas: “Tecnologia de produção: do leite ao queijo” e “Sustentabilidade econômica, ambiental e social”.

O seminário técnico é uma realização do Sistema Faemg Senar com o Sebrae Minas, com o apoio da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Minas Gerais (Seapa-MG), do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA), da Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais (Epamig) e da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural de Minas Gerais (Emater).

“Neste ano estamos trazendo uma maior representação dos produtores. Essa aproximação com o sistema público é uma oportunidade para eles conhecerem, perguntarem e apresentarem as suas demandas. Trazemos também nossos técnicos, que são a chave para entrarmos nas propriedades e podem levar essas informações até o campo”, enfatizou a gerente Assistência Técnica e Gerencial do Sistema Faemg Senar, Nathália Rabelo.

Para atender aos produtores rurais, os temas do seminário foram adequados, como explica o gerente de Inspeção de Produtos de Origem Animal do IMA, André Duch. “Além do governo falando da legislação, o destaque deste ano são pesquisadores e professores falando de temas mais voltados para o produtor, como sustentabilidade, sucessão familiar e certificação de propriedade A2. Uma grade bem diversa”.

Este é mais uma parceria de sucesso entre Sistema Faemg Senar, Sebrae Minas e Seapa e suas vinculadas. “Alinhamos conceitos entre as entidades que atendem o produtor e nos aproximamos do interesse dele sem descuidar da segurança do alimento e das questões técnicas. Um dos temas de destaque são os registros de inspeção municipal, que aumentaram muito e ajudam o produtor a se inserir legalmente no mercado”, afirmou o analista da Unidade de Negócios do Sebrae Minas, Ricardo Boscaro.

Conteúdo para produtores e técnicos

O primeiro painel contou com apresentações sobre melhoramento genético na produção de queijos, certificação de vacas A2A2, importância do processo de coagulação para a geração de renda e formação de sabor, e o efeito do armazenamento sobre a microbiota do "pingo".

Já no segundo painel, foram ministradas palestras sobre sustentabilidade econômica, ambiental e social da atividade, sucessão familiar e o futuro da queijaria, emissão de selos de artesanalidade pelos Serviços de Inspeção Municipais, e-SISBI: Panorama dos Serviços de Inspeção Municipais e dos registros de queijarias em Minas Gerais, sob a óptica da plataforma, e regulamentação de queijos artesanais, emissão de selos de artesanalidade e o SISBI em Santa Catarina.

Do seminário para o campo

Produtora de leite e de queijo, Thais dos Santos é de Chiador, na Zona da Mata. Para ela, eventos como esse contribuem para a formação de uma comunidade forte de produtores com as mesmas necessidades e ajudam no progresso e fortalecimento da atividade. “As palestras técnicas abrem a nossa cabeça, como se botassem uma sementinha de conhecimento sobre o que a gente pode buscar para melhorar”.

Segundo Aline da Silva Machado, que é instrutora do Sistema Faemg Senar há 31 anos e técnica de campo há quatro, o seminário técnico é oportunidade para obter informações que podem ser aplicadas no campo. “Ver os órgãos que precisam apoiar os produtores rurais unidos para seu crescimento e para a valorização do queijo artesanal mineiro é fantástico. Temos aqui diversos produtores interessados em aprender para melhorar a renda e a qualidade dos seus produtos”.

}