Conheça o SENAR

O SENAR MINAS (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – Administração Regional de Minas Gerais) é responsável pela capacitação profissional e promoção social do produtor, do trabalhador rural e seus familiares.

Cursos

O SENAR MINAS oferece mais de 300 cursos nas áreas de Formação Profissional Rural e Promoção Social, gratuitos e voltados para capacitação e qualidade de vida do produtor e trabalhador rural e suas famílias.

Instrutor Mobilizador Licitações Transparência e Prestação de Contas Centro Exc. Cafeicultura
Compartilhe


Centro de Referência em Olericultura consolida sucesso

SÃO GOTARDO
ESCRITO POR JANAINA ROCHIDO, DE BELO HORIZONTE
19/04/2024 . SISTEMA FAEMG, SINDICATOS, SENAR

O Centro de Referência em Olericultura, iniciativa conjunta do Sistema Faemg Senar e Sindicato dos Produtores Rurais de São Gotardo e sediado no município de mesmo nome, segue a todo vapor e comemorou a conclusão de sua primeira turma: doze participantes fizeram o curso Qualificação em Operação e Manutenção de Tratores Agrícolas.

O gerente regional Sérgio Carvalho (ao centro) comemorou o interesse e comprometimento da primeira turma capacitada

O gerente regional de Patos de Minas, Sérgio Carvalho, comemorou: “foi um sucesso. Foram 220 horas de formação com alunos interessados que já estão colhendo resultados. Tivemos 100% de aproveitamento e 100% de adesão e comprometimento”.

De acordo com Rodolfo Molinari da Costa, presidente do Sindicato, a iniciativa foi muito bem aceita pelos alunos e pelos produtores e empresários rurais, que precisam de profissionais mais capacitados e familiarizados com novas tecnologias. “Existe um déficit muito grande na área. O balanço deste primeiro curso foi extremamente positivo”, contou. A preocupação que a entidade tinha com desistências, já que a capacitação é longa, nem de longe se confirmou: “muito pelo contrário, eles pediram foi mais módulos”.

Para escolher os 12 participantes da primeira turma entre os mais de 40 inscritos, o Sindicato optou por pessoas que já tinham o maquinário e já tinham algum contato com o trator, além de serem de regiões e fazendas diferentes. “A fila está grande, já tem bastante gente à espera dos próximos cursos. Já agendamos vários treinamentos em parceria com o Sistema Faemg Senar. Serão cursos de tratorista, operação de drone, de empilhadeira e outros”, revelou Molinari.

Foram 220 horas de capacitação divididas em cinco módulos que agradaram os participantes

Conhecimento é a chave

Os módulos foram Segurança no Trabalho, AP – Controladores de Precisão, Operação do TAP com Implementos, Manutenção do TAP e Inteligência Emocional. Marcos Reis de Paulo, um dos alunos, terminou o curso e já está empregado graças aos seus novos conhecimentos. Ele trabalhava no cultivo do alho, mas tinha interesse em mudar de profissão. Soube do curso no Centro de Referência em Olericultura por meio de um amigo e foi atrás da vaga.

Uma vez capacitado, procurou uma vaga na área e conseguiu. “Eu tinha conhecimento a respeito do trator, mas nunca tinha trabalhado com a máquina. Gostei muito curso e de todos os módulos, o atendimento de todos foi muito bom. Foi um ótimo trabalho. Graças a Deus e a isso, hoje tenho um emprego de carteira assinada. Agora é ‘bola para frente’, abraçar a oportunidade e valorizar essa chance”, disse o – agora – operador de máquina. “Gostaria de estender este agradecimento a todos do Senar e do Sindicato, que fazem as coisas acontecerem”, frisou.

Marcos Reis de Paulo conseguiu seu primeiro emprego como tratorista graças aos novos conhecimentos

O Centro

O Centro começou a surgir em 2022, quando o presidente do Sindicato, Rodolfo Molinari da Costa, pediu o apoio do Sistema Faemg por meio do presidente Antônio Pitangui de Salvo, que, na ocasião, visitava a Fenacampo. “Esse curso foi histórico, pois é o primeiro dentro da programação da criação do centro. E esse é só o início de um grande projeto”, disse Rodolfo. Todas as atividades do Centro são feitas na estrutura do Sindicato dos Produtores Rurais de São Gotardo, no Parque de Exposições da cidade.

O Centro de Referência em Olericultura vai além da cidade de São Gotardo e abrirá as portas para interessados de todo o estado se capacitarem. O Sindicato está começando a captar instrutores de novos cursos voltados para a olericultura com foco nos pontos fortes da produção regional, como paletagem de alho e manutenção de câmara fria, como revelou Molinari. “Agora é dar andamento a estes novos cursos e continuar com os que já temos, porque a fila está enorme”, finalizou.

O objetivo do Centro é o desenvolvimento de conteúdos específicos e treinamentos para produtores e trabalhadores, além de ser referência em boas práticas para a cadeia produtiva, como resumiu o superintendente do Senar Minas, Celso Furtado Júnior. “Avançaremos conforme demanda dos produtores e necessidades do mercado de trabalho. Nossa intenção é investir em conhecimento para ser multiplicado entre os produtores”, comentou.

“O Centro já é um sucesso aqui na região e já estamos fazendo novas programações para cursos curtos e outros de carga horária maior. Também haverá um polo dos nossos cursos técnicos e o local ainda irá abrigar muito mais trabalhos e serviços”, finalizou o gerente Sérgio Carvalho.