Conheça o SENAR

O SENAR MINAS (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural – Administração Regional de Minas Gerais) é responsável pela capacitação profissional e promoção social do produtor, do trabalhador rural e seus familiares.

Cursos

O SENAR MINAS oferece mais de 300 cursos nas áreas de Formação Profissional Rural e Promoção Social, gratuitos e voltados para capacitação e qualidade de vida do produtor e trabalhador rural e suas famílias.

Instrutor Mobilizador Licitações Transparência e Prestação de Contas Centro Exc. Cafeicultura
Compartilhe


‘Cosmética a base de Mel’ é oportunidade de diversificar mix de produtos

CURSO NOVO
ESCRITO POR RICARDO GUIMARÃES, DE MONTES CLAROS
19/04/2024 . SISTEMA FAEMG, SINDICATOS, SENAR

Mel de floradas da aroeira, flor de pequi, silvestres e tantas outras, além da comercialização de geleias, pólen e própolis, estão costumeiramente no cardápio de produtos dos apicultores do Norte de Minas. E porque não adicionar nesta lista desodorantes naturais, bálsamo labial, perfume sólido e velas aromáticas, tudo feito à base de mel e da cera fabricada nas colmeias? Com o curso inovador de “Cosmética Natural a Base de Mel e Derivados”, do Sistema Faemg Senar, isso será possível a partir de agora.

A primeira turma do treinamento foi em São João da Ponte, região que tem despontado na produção apícola nos últimos anos, e que recebe ações de capacitação e assistência técnica do Sistema Faemg. O curso passou por vários conceitos e cuidados para a atuação com a cosmética natural, identificando matérias-primas, as características dermatológicas e terapêuticas dos produtos, entre outros pontos.

“Eles aprenderam a fabricar produtos que vão agregar valor à essa preciosidade que é o mel. Fizemos várias receitas, que também levaram em conta o uso de plantas para aromas naturais, como a camomila e a hortelã, porque na cosmética natural a gente não usa fragrância. Eles tiveram acesso a um universo de possibilidades, trabalhando sempre com as boas práticas de produção dos cosméticos”, explica a instrutora Kênia Thomaz Rocha.

A proposta é que o curso funcione como um pontapé inicial para que os apicultores iniciem produções caseiras e, após as devidas regulamentações e exigências fiscais, possam vender em maior escala. Apicultores desde 2019, o casal Edna Antunes da Silva e Ivan Ribeiro de Souza não veem a hora de colocar os conhecimentos em prática. Os dois já fabricam velas e querem ampliar as possibilidades de renda.

Ao longo do treinamento, conceitos técnicos sobre cosmética e qualidade na produção foram pontuados 

“Já estamos planejando aumentar o número de colmeias no apiário e, com isso, a produção da cera, que vai ter agora novas alternativas de uso. Este curso já nos abriu os horizontes para novas possibilidades”, fala com alegria Ivan Ribeiro.

Mel na cosmética

Os produtos naturais feitos com mel e derivados trazem diversos benefícios para a saúde da pele e cabelo e apontam para um novo olhar na fabricação de cosméticos naturais, segundo Kênia Thomaz. “O mel tem propriedades anti-inflamatórias, cicatrizantes, antibacterianas e gera, também, uma hidratação muito especial. A cosmética natural tem este objetivo de desintoxicar as pessoas de tanta substância artificial que estamos ingerindo e que fazem mal à saúde, que estão comumente presentes nos produtos industrializados”, explica.

Na carta de produtos possíveis de serem fabricados, estão bálsamo labial, cera capilar, máscara capilar, esfoliantes para o corpo e para a face, velas de massagem e aromáticas, desodorantes e perfumes, entre outros. Com tantas possibilidades, a aposta no curso foi bem avaliada e vinha sendo motivo de grande busca pelos apicultores da região, que já se organizam para formação de novas capacitações.

Alunos já saíram do treinamento com novas ideias para agregar valor nos produtos apícolas 

“Esta capacitação vai melhorar o nosso produto. Nós estamos ganhando mais uma oportunidade para o avanço da apicultura e geração de renda. A atividade vem sendo de grande relevância, cada vez mais crescendo no município, então é extremamente importante seguir capacitando nossos produtores rurais”, destaca o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de São João da Ponte, Pedro Aparecido Pereira.

Cleuza de Jesus Antunes tem no currículo dezenas de cursos para aprimorar sua produção na apicultura. Mesmo com a grande experiência, se surpreendeu com os novos conceitos que aprendeu. “Todos nós devemos fazer isso, né? Procurar conhecimento. Dessa forma vamos poder seguir trabalhando no campo, buscando novas fontes de renda e usando o que nós já temos em casa, neste caso, o mel. Nós vamos agregar muito ao nosso produto”, opina a produtora rural.