Dias
0 0 0
Horas
0 0
Minutos
0 0
Segundos
0 0
Compartilhe


Alvinópolis e Manhuaçu iniciam turmas de cursos técnicos

CAPACITAÇÃO SINDICATOS
ESCRITO POR LÍLIAN MOURA, DE VIÇOSA
28/03/2023 . SISTEMA FAEMG, SINDICATOS, SENAR, FAEMG

 

O curso técnico em Zootecnia é o primeiro recebido pelo Polo de Ensino de Alvinópolis. Já em Manhuaçu a novidade é a turma do curso técnico em Florestas.

 

O Sindicato dos Produtores Rurais de Alvinópolis realizou a aula inaugural do primeiro curso oferecido pelo Polo de Ensino da Rede e-Tec do município viabilizado por meio da parceria com o Sistema Faemg Senar.

Os alunos do curso Técnico em Zootecnia foram recebidos pelo presidente da entidade, Wellington Magno de Figueiredo (Nem) e pelo gerente do Sistema Faemg em Viçosa, Marcos Reis. Autoridades de Alvinópolis, Catas Altas e Dom Silvério, representantes de empresas e cooperativas parceiras também participaram do evento. 

O presidente da entidade ressaltou que a inauguração do Polo de Ensino é um marco para a região e vai fortalecer o agronegócio por meio da qualificação. Wellington destacou ainda que a abertura do curso técnico é um sonho da atual diretoria. Segundo o gestor, a entidade está se preparando para receber outros cursos técnicos da Rede E-tec além dos cursos oferecidos pela Faculdade CNA. “Queremos que o nosso Polo de Ensino ofereça todas as oportunidades que os jovens precisam, e acreditamos que podemos fazer a diferença”. 

 

No evento, foram plantadas duas mudas de Aroeira Salsa, na porta do Sindicato “para simbolizar o início de um novo ciclo, em que a educação e a qualificação profissional serão os pilares do desenvolvimento social e econômico de Alvinópolis e região”, comentou o presidente.

 

Inauguração do Polo de Ensino da Rede E-tec em Alvinópolis.

A gerente de Educação Formal do Sistema Faemg Senar, Tércia Almeida enfatizou que o curso, assim como todas as ações do Sistema Faemg Senar, visa à promoção e expansão do setor agropecuário brasileiro primando pela qualidade dos profissionais da área. E salientou que a região ganha muito com a abertura do Polo de Ensino.  “Buscamos formar o profissional especializado nos processos de produção pecuária e processamento de alimentos e origem animal, de acordo com as boas práticas desse setor, normas técnicas, legislações e necessidades do mercado de trabalho”.

A tutora Michele Moreira explicou que a turma é composta por alunos de faixa etária diversa e todos são vinculados ao meio rural como produtores ou prestadores de serviços. “Em nossa aula inaugural ficou claro que que o objetivo de todos é aprender na teoria e na prática para aplicarem o conhecimento e fazerem a diferença no meio onde vivem”.

 Na ocasião, o gerente regional falou sobre o perfil do profissional da zootecnia, e da importância de os estudantes aproveitarem ao máximo a formação técnica e o empenho do Sindicato em incentivar a capacitação, especialmente da juventude.  “O Sindicato está focado na educação como ferramenta para trabalhar a sucessão familiar, proporcionando mais conhecimento e oportunidades para os jovens. Além de estimular o desenvolvimento das cadeias produtivas da região como a silvicultura, a apicultura, pecuária de corte e leite”.

 

Manhuaçu

 

O Polo de Ensino de Manhuaçu também recebeu uma nova turma. A aula inaugural do curso Técnico em Florestas foi acompanhada pelo presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Manhuaçu, Antônio Teodoro Dutra e pela coordenadora dos cursos técnicos, Vilma Matias.

Vilma Matias pontuou que a turma, formada por estudantes de Manhuaçu e região, foi recebida com entusiasmo e alegria, e demonstrou alto nível de comprometimento com as metas propostas. Todos receberam mudas de ipê branco, jatobá e lichia branca durante a primeira aula.

 

Aula inaugural do curso Técnico em Florestas em Manhuaçu

O presidente do Sindicato do Produtores Rurais de Manhuaçu destacou que a entidade se sente honrada e privilegiada por sediar um novo curso da Rede e-Tec, e agradeceu ao Sistema Faemg Senar pela confiança. “O nosso trabalho cresceu e prosseguimos com uma visão mais ampla oportunizando melhorias, conhecimento e gestão aos produtores rurais, seus filhos e netos e a toda a comunidade”. 

Tércia Almeida lembrou que o setor de florestas gera mais de três milhões de empregos diretos e indiretos no país. “O Brasil possui uma das maiores extensões florestais do mundo e os profissionais formados pelo Sistema Faemg Senar encontrarão um mercado de trabalho amplo e chegarão mais cedo no setor que está em expansão. Temos certeza de que o curso será mais um excelente projeto realizado em parceria com o Sindicato dos Produtores Rurais de Manhuaçu”, afirmou a gerente.

 

Saiba mais sobre os cursos:

Técnico em Zootecnia: http://etec.senar.org.br/curso/curso-tecnico-em-zootecnia/

Técnico em Florestas: http://etec.senar.org.br/curso/curso-tecnico-em-florestas/