Compartilhe


CT da Pecuária de Leite faz balanço do ano e projeta ações para 2024

CT PECUÁRIA DE LEITE
ESCRITO POR ASCOM, DE BELO HORIZONTE
07/12/2023 . SISTEMA FAEMG, FAEMG

Reunião estabeleceu diretrizes para o próximo ano

Vice-presidente de Finanças, Renato Laguardia, e o assessor especial da diretoria, Toninho de Pompéu, acompanharam a reunião

A Comissão Técnica da Pecuária de Leite do Sistema Faemg Senar encerrou, nesta semana, as reuniões de 2023. O último encontro do ano foi realizado na última segunda-feira (5/12), quando foi apresentado um balanço das ações realizadas ao longo dos meses e o planejamento de trabalho para 2024.

O escopo da atuação no próximo ano, inclusive, contou com a participação do pesquisador da Embrapa Gado de Leite, Glauco Carvalho. O presidente da Comissão Técnica, Jonadan Ma, destacou que no decorrer de 2023 foram realizadas 11 reuniões do grupo, além de dez encontros regionais para difundir os valores de referência para comercialização do leite apresentados pelo Conselho Paritário Produtores/Indústrias de Leite do Estado de Minas Gerais (Conseleite-MG).

Jonadan Ma, presidente da Comissão Técnica

Ele destacou que a Comissão Técnica tem feito um trabalho para diagnosticar os problemas de cada região. “Montamos um plano de ação e caso haja a necessidade podemos ter a criação de subcomissões para atender às principais demandas do setor leiteiro”, frisou Jonadan. Ele ainda destacou que o setor, em todo o Estado, é afetado por problemas que atingem toda a cadeia como energia elétrica, segurança no campo, malha rodoviária para escoar mercadoria, dificuldade de acesso à mão de obra qualificada e previsibilidade no preço.

“O nosso desafio na Comissão é entender melhor a situação de cada região, suas dificuldades, mas sem deixar de atender esses problemas que são gerais”, complementou.

Importações

Durante a reunião, o problema das importações de lácteos de países do Mercosul também voltou a ser abordado com a atualização do cenário. Em novembro, os dados apontam para 23,6 mil toneladas importadas – valor que supera em 3,85 os resultados apurados em outubro. Em litros, o volume equivale a 197,8 milhões de litros de leite.

No período, 55% do total importado era correspondente ao leite em pé; seguida da versão desnatada com 16% e da muçarela, com 13%.
 

}