Compartilhe

Mais de 1.000 famílias beneficiadas na Zona da Mata

AGRO FRATERNO
ESCRITO POR LÍLIAN MOURA, DE VIÇOSA
25/11/2021 . SISTEMA FAEMG, SINDICATOS, SENAR, FAEMG

Mais 1.164 famílias rurais receberam as cestas básicas doadas pelo movimento Agro Fraterno do Sistema FAEMG/SENAR/INAES e do Sistema CNA/SENAR, em parceria com a Cruz Vermelha de Minas Gerais. As entregas em Ouro Preto, Muriaé, Carangola, Faria Lemos, Espera Feliz, Diogo de Vasconcelos, Canaã e Rio Casca ocorreram em outubro e neste mês.

Os Sindicatos dos Produtores Rurais de Muriaé, Carangola, Itabirito, Ponte Nova, Viçosa, Rio Casca e Espera Feliz atuaram junto às prefeituras na organização da distribuição das cestas. 

“Essa ação mostra que o setor produtivo do agronegócio tem uma preocupação com a segurança alimentar das pessoas. Além de abastecer os mercados internos e externos, os produtores também estão atentos às necessidades da população em vulnerabilidade social”, comentou o analista técnico regional Raimundo Papa Júnior, que acompanhou as entregas em Ouro Preto. 

Em Espera Feliz, 272 pessoas foram beneficiadas em oito comunidades rurais. “A comunidade de São Sebastião foi muito prejudicada por uma enchente, e as cestas básicas chegaram em um momento oportuno para aquelas famílias. Todas ficaram satisfeitas ao verem a fartura da doação”, contou o mobilizador do Sindicato, Leonardo Chaves.

Agradecimento

“Estamos passando por uma situação difícil, e essa ação nos ajuda muito. Agradeço a todos que não se esqueceram de nós que trabalhamos no meio rural.” - Débora Oliveira, moradora do distrito de Belisário, em Muriaé 

“Toda a comunidade agradece aos parceiros que contribuíram para que essas cestas chegassem até nós.” - Valdeci Lucas, morador da comunidade Conceição, em Carangola

“A ajuda chegou na hora exata. Muitas famílias da comunidade Vista Alegre se emocionaram por receberem a nossa ajuda.” - Sayonara Pereira, mobilizadora do SPR de Rio Casca

“Foi gratificante participar de ações que beneficiam o próximo em uma grande corrente de solidariedade.” - Magna Leão, mobilizadora do Sindicato dos Produtores Rurais de Itabirito que acompanhou as doações nas comunidades Santa Rita, Cachoeira do Campo e Antônio Pereira, em Ouro Preto

“Essa generosidade é a semente da esperança, tão importante para vencermos esse momento de desafio coletivo. A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, Habitação e Cidadania agradece ao Sistema FAEMG e a Cruz Vermelha pelo maravilhoso trabalho destinado a pessoas em vulnerabilidade social do nosso município.” - Maria Aparecida de Almeida Dias, diretora do administrativo da Assistência Social em Ouro Preto

Movimento Agro Fraterno

O Agro Fraterno é uma iniciativa do Sistema CNA/SENAR, que tem o apoio da OCB e de entidades do Instituto Pensar Agro. Em abril, o Sistema FAEMG/SENAR/INAES doou 2.070 cestas na região de Governador Valadares e, até o fim deste ano, terá doado 7.070 cestas básicas para famílias rurais atingidas pela pandemia. 

Cada cesta é composta por: 10kg de arroz tipo 1, 2kg de feijão, 2kg de leite em pó, 2 latas de óleo, 1kg de farinha de trigo, 3kg de macarrão, 5kg de açúcar, 1kg fubá, 200g de achocolatado, 600g de biscoito, 1kg de café, 1,2kg de extrato de tomate, 1kg de goiabada, 1 pacote de papel higiênico, 1kg de sabão em barra, 4 sabonetes e 2 cremes dentais.