Compartilhe

Produtores rurais e Sindicato sofrem com chuvas

SANTA MARIA DE ITABIRA
ESCRITO POR ASCOM
22/02/2021 . SISTEMA FAEMG, SINDICATOS

As chuvas que atingiram Santa Maria de Itabira causaram destruição na região e atingiram o Sindicato de Produtores Rurais.

A sede do Sindicato fica próxima do Rio Girau que, em decorrência da forte cheia, provocou alagamentos em vários pontos da cidade e do campo. O imóvel, na Avenida Israel Pinheiro, foi invadido pela lama que ocupou cerca de 1,5 metro de seus cômodos. Móveis, materiais de trabalho e equipamentos foram danificados.

“Em 1979 tivemos uma grande cheia, mas esta foi maior. Minha casa foi atingida. A lama chegou a mais de um metro do nosso resfriador de leite. É muita, muita lama. Os piquetes de Mombaça estão todos tomados. Houve desabamentos em toda a zona rural, muita erosão, casas de funcionários caíram, plantações de milho foram perdidas, cavalos foram levados. Como minha propriedade fica no fim da cidade, conseguimos salvar um potrinho que estava sendo carregado. A cooperativa foi toda inundada e o prejuízo foi enorme. Ainda não temos como mensurar as perdas e traçar planos para isto. Hoje, o que precisamos fazer é rezar, limpar o que for possível e nos reerguer.”

Maria do Rosário Torres Guerra, Zaia, presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Santa Maria do Itabira

O Sistema FAEMG/SENAR/INAES está acompanhando os acontecimentos no município e está pronto para prestar atendimento aos produtores rurais.