Compartilhe

Projeto Caravanas leva fatos do agro para escolas

NOVIDADE
ESCRITO POR FLÁVIO CHRISTO, DE JUIZ DE FORA
24/01/2023 . SISTEMA FAEMG, SINDICATOS, SENAR

A cidade de Bicas vai ser a primeira a receber o Projeto Caravanas, uma iniciativa do Sistema Faemg Senar em parceria com o Sindicato de Produtores Rurais que vai levar professores de escolas do ensino fundamental ao campo para informar sobre processos relativos à agricultura e à pecuária. Esses professores também serão divulgadores de informações atualizadas em suas escolas, levando conhecimento para as novas gerações.

O gerente de Planejamento do Sistema Faemg Senar, Celso Furtado Júnior, é quem está à frente do Projeto Caravanas. Ele acredita que essa iniciativa tem o potencial de criar ideias com uma visão positiva da população a respeito da agropecuária. “O projeto busca trabalhar em quatro grandes perspectivas: conscientizar educadores da realidade do agro, disseminar boas práticas, combater os mitos e ampliar as fronteiras entre o campo e a cidade. Mostrar o que é fake e o que é fato entre ideologia e ciência”, explicou.

Celso Furtado Jr.

O piloto deve impactar crianças e adolescentes entre 6 e 14 anos e, na prática, vai promover a troca de experiências entre os professores, profissionais do campo, produtores rurais e suas famílias. “A ideia é apresentar para os professores do 1º ao 9 ano como é o funcionamento de uma fazenda produtora de alimentos, no sentido que o professor possa conhecer o dia a dia do produtor e seus familiares, como acontece a produção, a recuperação e a preservação ambientais na propriedade. Vamos fazer visitas técnicas guiadas com bate papo para que eles possam conviver com a atividade do agro”, contou Celso Furtado.

A expectativa é começar a implementação do Projeto Caravanas ainda no primeiro semestre deste ano. “Já fizemos um contato inicial com a secretaria de educação e temos mais de 60 professores com potencial para participar desta fase inicial. Faremos uma seleção para identificar os que têm perfil e começaremos a trabalhar com essas pessoas”, afirmou o gerente regional do Sistema Faemg em Juiz de Fora, Wander Magalhães.

Wander Magalhães

Ideia bem-vinda

Juliana Nascimento é a agente de desenvolvimento rural encarregada pelo projeto. Ela mobiliza cursos, oficinas e programas especiais nas cidades de Bicas, Guarará e São João Nepomuceno. Ela conta que o projeto teve uma aceitação tão boa na região por conta de outra iniciativa do Sistema Faemg Senar que fez sucesso, o Programa Semeando.

“Desde o ano passado, quando as premiações foram realizadas, as professoras e diretoras das escolas vieram com a demanda de algo mais prático, que pudesse auxiliar no dia a dia da escola, no desenvolvimento de hortas comunitárias e, com isso, vamos aproveitar também para informar melhor sobre o agro e quebrar os mitos que vêm sendo disseminados”, afirmou Juliana.

Juliana Nascimento

Nesta fase inicial, o Projeto Caravanas deve ser implementado apenas na região de Bicas, mas, após a experiência, pode ser implantado em todo o estado de Minas Gerais.