Orientações Administrativas

Os Sindicatos constituem a base representativa do sistema patronal rural em cada município. Identificam problemas do setor, propondo encaminhamento de soluções.

Sindicatos Filiados
Capacitações

No momento, não temos agenda de capacitações. Outras informações: (31) 3074.3026/3074.3028

Compartilhe

CMN aprova medidas para o setor leiteiro

PECUÁRIA
ESCRITO POR ASCOM
02/03/2021 . SISTEMA FAEMG, SINDICATOS, FAEMG
Imagem: Flickr CNA

A pedido do Mapa, o Conselho autorizou o financiamento para beneficiamento ou industrialização do produto e a ampliação de prazo de custeio para o setor

Por solicitação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) o Conselho Monetário Nacional (CMN) autorizou nesta quinta-feira (25) a contratação, até 30 de junho deste ano, com recursos obrigatórios, de Financiamento para Garantia de Preços ao Produtor (FGPP) para beneficiamento ou industrialização de leite. O limite de crédito é de até R$ 65 milhões, com taxa de juros de 6% ao ano e prazo de reembolso de até 240 dias.

Também foi ampliado de um ano para dois anos o prazo de reembolso para contratação de crédito de custeio pecuário para retenção de matizes bovinas de leite.
Segundo o CMN, as medidas foram adotadas para evitar a descapitalização desse segmento e garantir o abastecimento do mercado. O aumento dos preços dos insumos para ração das vacas leiteiras, como milho e farelo de soja, levou à queda na relação de troca entre esses insumos e o leite. Para 2021, não há expectativa de recuo no preço dos insumos e do custo da alimentação desses animais. Assim, dependendo do comportamento do preço do leite, a rentabilidade do setor pode ser prejudicada, o que pode induzir ao descarte precoce de matrizes leiteiras e, consequentemente, reduzir a oferta interna de leite.
 
 

Comentário Sistema FAEMG
“O MAPA atendeu, parcialmente, as reivindicações do Sistema FAEMG e da CNA, o que indica um primeiro passo para atender às demandas dos produtores rurais. Agora, aguardamos as medidas emergenciais sobre a importação de leite. Estamos certos de que o MAPA vai dar atenção a esse pleito, que é de fundamental importância para os produtores.”
Eduardo Pena, presidente da Comissão Técnica de Pecuária de Leite do Sistema FAEMG