Compartilhe

Ex-aluna empreende com artesanato em palha de milho

PROMOÇÃO SOCIAL
ESCRITO POR KAROLINE SABINO, DE LAVRAS
18/11/2021 . SINDICATOS, SENAR

Artesanato feito com palha de milho que impressiona todos por onde passa. Estes são os produtos da ex-aluna Bruna Fernandes de Neto, que começou a confeccionar os materiais através das técnicas aprendidas no curso de Artesanato de Fibras Naturais, oferecido pelo Sistema FAEMG/SENAR/INAES em parceria com o Sindicato Rural de Heliodora.

“Sempre gostei de pinturas, mas não sabia que era possível produzir materiais tão lindos com a palha de milho. Quando vi os trabalhos prontos, me apaixonei. Não tinha noção de como fazer isso e, graças ao Sistema FAEMG/SENAR/INAES, consigo vender os produtos e melhorar a renda da minha família”, contou Bruna.

Bruna descobriu no artesanato um empreendimento e uma satisfação pessoal

Para ela, o curso também contribui para o bem-estar. “A pandemia impactou muito na saúde mental das pessoas, pelo fato de precisarem ficar em isolamento. Um curso como esse faz a diferença. Ter um trabalho inspirador e que pode ser realizado em casa nos faz bem. Além disso, é possível inovar. Já estou pensando nos produtos para o natal”, relatou.

Ela também vende pintura em telha, pintura em tecido e biscuit. Os produtos são vendidos por valores entre R$10 e R$15. Ela vende nas redes sociais (https://www.instagram.com/atelie_bruna_artesanato/) e em feiras de artesanato no município de Heliodora. Ela contou que, atualmente, os que mais saem são os artesanatos feitos com a palha de milho.

O curso

Entre os temas abordados no curso, estão: segurança do trabalho, cuidados com o meio ambiente, habilidades específicas, confecção da peça e características do comportamento empreendedor.

A instrutora Deborah Noronha Lima ressaltou que o treinamento é uma oportunidade para estimular o aluno a empreender utilizando produtos de baixo custo. “É muito importante desenvolver um material cuja base venha do meio rural. A palha é uma sobra que a natureza dispõe e de fácil acesso. O grupo que a Bruna participou obteve ótimos resultados. Outros alunos me mostraram seus materiais e querem empreender. Durante as aulas, ela buscava conhecimento sobre o que poderia fazer além do que foi ensinado. A aluna coloca amor no que faz”, contou.

Para a mobilizadora do Sindicato Rural de Heliodora, Iraci de Fátima Inácio Carvalho, o treinamento traz diversos benefícios ao participante, como o aumento da capacidade de concentração e o estímulo da criatividade. “O curso trabalha com uma matéria-prima que seria jogada fora e os produtores sempre têm isto em mãos. É um trabalho espetacular e ainda contribui para a geração de renda e autoestima. O Sindicato Rural de Heliodora fica imensamente feliz em ver uma participante do treinamento se destacar e expandir suas ideias. Espero que a Bruna realize seu sonho de viver do artesanato”, disse.