Orientações Administrativas

Os Sindicatos constituem a base representativa do sistema patronal rural em cada município. Identificam problemas do setor, propondo encaminhamento de soluções.

Sindicatos Filiados
Capacitações

No momento, não temos agenda de capacitações. Outras informações: (31) 3074.3026/3074.3028

Compartilhe

Sindicato Rural de Dores do Indaiá investe na capacitação do produtor

EAD
ESCRITO POR ASCOM
04/09/2020 . SINDICATOS

O Sindicato dos Produtores Rurais de Dores do Indaiá quer ampliar as capacitações dos produtores rurais associados à entidade, por meio da parceria com o Sistema FAEMG/SENAR/INAES.

“O Sistema FAEMG/SENAR/INAES é um grande parceiro. Adquirimos um carro exclusivo para a mobilização acompanhar de perto os produtores rurais, verificar quais as dificuldades de cada um e levar cursos que realmente vão fazer a diferença no dia a dia deles. Dessa forma, vamos fomentar, cada vez mais, o agronegócio em nossa região”, explicou o presidente Arnaldo Matos.

O Sindicato de Dores do Indaiá também atende os municípios de Quartel Geral e Serra da Saudade. São cerca de 320 produtores associados, que atuam em diversas áreas do agronegócio. Entre as atividades promovidas pelo sindicato, os leilões de bovinos têm se destacado. Nesse período da pandemia, os eventos têm ocorrido de forma virtual, de 15 em 15 dias, com média de mil animais comercializados por leilão.


Arnaldo assumiu a presidência no fim de 2019 e fica até 2022. Desde então, várias melhorias já foram executadas, como pintura e reforma da sede do sindicato, construção de cozinha e aquisição de veículo. “Estamos construindo uma nova balança para os veículos de transporte e novos currais para os animais, perfurando um poço artesiano e trocando toda a iluminação em nossa sede. Quero fazer a diferença, inovar, recolocar o sindicato e nossos produtores rurais no topo do agronegócio mineiro”, afirmou.

O gerente regional do Sistema FAEMG/SENAR/INAES em Patos de Minas, Sérgio de Carvalho Coelho, ressalta que este é um importante sindicato da região central do estado. “Queremos estimular cada vez mais as capacitações na região de Dores do Indaiá, especialmente na área da pecuária leiteira, que é a principal atividade dos produtores rurais de lá”.