Compartilhe

Sistema Faemg aprimora mobilização de cursos e programas

DESENVOLVIMENTO
ESCRITO POR NATHALIE GUIMARÃES, DE BELO HORIZONTE
30/09/2022 . SISTEMA FAEMG, SINDICATOS, SENAR, FAEMG

Atento às demandas do público rural e ciente da importância de melhorar ainda mais o trabalho prestado para o desenvolvimento do agronegócio em Minas Gerais e no Brasil, o Sistema Faemg está capacitando novos agentes de desenvolvimento rural (ADRs), antes denominados mobilizadores. A primeira capacitação e seleção dos ADRs está sendo concluída nesta sexta-feira (30/9), na sede do Sistema Faemg, em Belo Horizonte.

Os ADRs são profissionais ligados aos Sindicatos de Produtores Rurais e entidades cooperadas ao Senar Minas e têm a missão de identificar as necessidades de aprimoramento do produtor rural. A partir disso, organizam e levam cursos, programas especiais e Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) para os ajudar a alavancar o empreendimento e a melhorar a qualidade de vida de sua família e colaboradores.

Participantes da primeira turma de Capacitação de Agentes de Desenvolvimento Rural

Nos primeiros encontros, on-line, na última semana, todos os 29 candidatos a ADR receberam capacitação sobre o Sistema Faemg, a relação com a CNA e o processo de mobilização. Nesta semana, a programação foi presencial e mais robusta, com conversas com profissionais de diversos setores do sistema, detalhamento de ações da instituição, além de avaliações sobre o que foi apresentado.

Tudo isso é para garantir que o produtor rural mineiro possa contar com profissionais qualificados e receber um melhor atendimento na ponta. Objetivos que o presidente do Sistema Faemg, Antônio de Salvo; o vice-presidente de Finanças do Sistema Faemg, Renato Laguardia; e o diretor técnico, Christiano Nascif, reforçaram ao falar com os futuros ADRs.

“É muito importante que eles tenham esse momento para conhecer ainda mais o nosso Sistema e a nossa capacidade de promover profundas transformações nos negócios e na vida do produtor rural, seus familiares e colaboradores. O agronegócio mineiro é um dos pilares da economia do país e coloca alimento na mesa de milhões de brasileiros e de pessoas em diferentes partes do mundo. E o trabalho dos ADRs e dos sindicatos, bem próximo ao produtor, é uma das bases para que o agro mineiro continue prosperando”, destacou Laguardia.

Antônio de Salvo e Renato Laguardia destacaram a importância dos ADRs para o Sistema Faemg

A gerente pedagógica do Sistema Faemg, Cristiane Trigueiro, reforça que, para atender cada dia melhor o produtor, é essencial um time forte, qualificado, que se sinta seguro para agir e esteja inspirado pelo propósito de atuação do Sistema Faemg. “Acreditamos no poder da educação, por isso planejamos e executamos eventos como esse, para que nossos parceiros, os novos ADRs, possam desenvolver conhecimentos, habilidades e atitudes que nos ajudarão a atingir nossos objetivos, melhorando a vida da população do campo”.

Esta é a primeira turma do estado em que os aprovados sairão com o status de Agentes de Desenvolvimento Rural (ADRs), mas a formação não para. “Além de contarem com uma rede de apoio ampla, os novos ADRs serão convidados para outros eventos de formação continuada para permanecerem se desenvolvendo”, acrescentou Trigueiro.

Pelo agronegócio

“O Sistema Faemg é uma estrutura muito forte e que pode ajudar o agronegócio de Ferros e região. Sou produtor, e a maior crítica que fazemos hoje é que não temos qualificação ou mão de obra qualificada. Os cursos existem. Precisamos saber utilizar essa possibilidade para crescer e, mais do que isso, para mostrar ao produtor que é possível continuar no campo com qualidade e lucratividade.” – José Mauro de Carvalho Júnior, médico-veterinário pela UFMG e produtor rural

“O ADR tem um importante papel para levar tecnologia ao produtor. É a ponte entre a pesquisa e o campo. Participar dessa capacitação nos mostra como a atuação do Sistema Faemg só tem evoluído.” - Alberto Murilo Gontijo, presidente do SPR de Januária, engenheiro agrônomo e produtor rural

“A maioria dos produtores rurais precisa de inovação e apoio para evoluir. O nosso objetivo, enquanto ADRs, é melhorar a qualidade de vida do produtor e o resultado dos seus negócios. Espero levar mais treinamento para eles, mais tecnologia, alimentar o produtor com coisas boas e novas.” - César Augusto, secretário-executivo no SPR de Guarani

“Tenho 25 anos e cresci vendo o empenho da minha mãe trabalhando como mobilizadora no Sindicato de Produtores Rurais de Além Paraíba. Quis entrar junto com ela para levar mais capacitação, qualidade e melhoria para o produtor rural. Lá, o Sindicato é muito ativo na oferta de cursos. Vim aprender como ser uma boa ADR, mas aprendi mais: o quão amplo e incrível é o Sistema Faemg.” - Laís de Paula Guerini – nutricionista e candidata a ADR