Compartilhe

Sistema FAEMG Notícias - 25 de maio

INFORMATIVO
ESCRITO POR ASCOM
25/05/2022 . SISTEMA FAEMG, SENAR, FAEMG

 

REDESCOBRIR

O Projeto Redescobrir reuniu presidentes de Sindicatos de Produtores Rurais em Belo Horizonte nesta quarta-feira (25). Iniciativa tem o objetivo de gerar aproximação entre as instituições, conhecer os desafios e oportunidades de cada região e apresentar a essas lideranças todo o trabalho desempenhado pelo Sistema FAEMG em prol do desenvolvimento do agro mineiro. Este foi o quarto encontro em BH.

Saiba mais sobre o Projeto Redescobrir aqui





SÉRIE ESPECIAL SOBRE PECUÁRIA DE LEITE - EPISÓDIO 02 - FORA DA PORTEIRA

 

SISTEMA FAEMG MARCA PRESENÇA NA EXPOCAFÉ 2022

O Sistema FAEMG está presente com um estande e oficinas na Expocafé 2022, na Fazenda Experimental da Epamig em Três Pontas. O gerente regional do Sistema FAEMG em Lavras, Rodrigo Diniz, recebeu no espaço várias lideranças rurais e também o deputado Antônio Carlos Arantes.

 

 

PRODUTORES DO NORTE DE MG RECEBEM VISITAS DA CNA

Representantes da Confederação Nacional de Agricultura (CNA) visitaram o Norte de Minas, onde participaram de reuniões em Bocaiuva, Janaúba e Porteirinha, com apicultores, fruticultores e produtores de queijo e requeijão, respectivamente. O objetivo dos encontros foi acompanhar a evolução dos projetos e da atividade rural regional, de olho em atrair oportunidades de mercados internacionais.

O gerente regional do Sistema FAEMG em Montes Claros, Dirceu Martins, acompanhou as visitas. A primeira etapa ocorreu na Cooperativa de Apicultores do Norte de Minas (Coopemapi), com sede em Bocaiuva. Por lá, Rodrigo Matta, coordenador de Promoção Comercial Internacional da Diretoria de Relações Internacionais da CNA, e Ricardo Abreu, consultor da CNA pelo Projeto Agro.BR, conheceram a estrutura de trabalho, projetos em andamento e experimentaram os diversos produtos que são comercializados.

Leia mais: http://www.sistemafaemg.org.br/noticias/produtores-do-norte-de-minas-recebem-visitas-da-cna 

 

FORTALECIMENTO DA REPRESENTAÇÃO AMBIENTAL

A Gerência de Sustentabilidade do Sistema FAEMG promoveu um encontro com os conselheiros para fortalecimento da representatividade do setor no Conselho Estadual de Política Ambiental - COPAM.  A gerência tem atuação em todas as Unidades Regionais Colegiadas ao COPAM.  Participou do evento a assessora de Sustentabilidade do Sistema Faemg, Ana Paula Mello, que é conselheira, e deu um tom estratégico para as discussões.

“Precisamos estar alinhados. O evento esclareceu posicionamentos institucionais, promoveu interação e trocas de experiências das regiões e sedimentou o apoio da FAEMG para a atuação de todos, e isso reflete o objetivo que é o nosso fortalecimento em defesa do produtor rural”. Ana Paula Mello, assessora de Sustentabilidade do Sistema Faemg

Ganhos da agropecuária - A obtenção do licenciamento ambiental é condição essencial para o funcionamento do empreendimento ou atividade. Sem a obtenção da regularização, os produtores rurais ficam sujeitos a riscos cujas consequências são negativas, entre as quais a possibilidade de não poderem produzir e gerar empregos e renda.

A atuação coordenada pela Gerência de Sustentabilidade nos Conselhos de Meio Ambiente é indispensável para obtenção das autorizações e concessão do licenciamento ambiental das atividades no meio rural.

“Por meio da participação do Sistema FAEMG no COPAM também é possível trabalhar pela redução dos valores das multas ambientais aplicadas aos produtores rurais e defender os interesses da classe, que é um dos pilares da instituição”. Mariana Ramos - gerente de Sustentabilidade

“Recebi com muito entusiasmo a missão de fazer o acompanhamento e ser o ponto focal dos nossos representantes no Conselho de Política Ambiental. O encontro possibilitou o repasse de posicionamentos e, também, de relatos das dificuldades enfrentadas por cada um deles nas diversas regiões do Estado”. Henrique Damásio Soares – analista de Sustentabilidade

 

DESCOMPLICANDO QUESTÕES AMBIENTAIS

Na próxima semana (3/6), Montes Claros recebe a 2ª edição do Projeto, para orientação dos produtores e esclarecimento de todas as suas dúvidas sobre fiscalização e regularização ambiental da sua atividade.

A gerente de Sustentabilidade do Sistema FAEMG, Mariana Ramos, destaca que a iniciativa visa atender a crescente demanda de atendimentos e orientações, motivadas pelo aumento do número de autuações e pelo alto valor das multas aplicadas aos produtores rurais na área de abrangência da Superintendência Regional de Meio Ambiente do Norte de Minas.

“Através de um levantamento junto ao Portal da Transparência Ambiental-SISEMA, fizemos um diagnóstico das principais questões ambientais especificas do Norte de Minas e, assim, elencamos os esclarecimentos e orientações necessários, e as soluções disponíveis, para reduzirmos os números de autuações aplicadas aos produtores rurais para que os produtores possam desenvolver suas atividades de forma ambientalmente adequada. Queremos oferecer apoio e orientação, por meio das ações do Sistema FAEMG/SENAR, para que os produtores possam melhor desenvolver sua atividade, consorciada a todos os seus deveres legais e mecanismos necessários à preservação ambiental”, explica.

Inscrições pelo e-mail - sin_rural@veloxmail.com.br

Leia mais: http://www.sistemafaemg.org.br/noticias/descomplicando-questoes-ambientais-veja-a-programacao


 

VOZES DO AGRO

Nesse episódio do Vozes Do Agro, vamos falar sobre desenvolvimento sustentável por meio de soluções para o tratamento de efluentes e o reuso da água como alternativa aos altos custos dos adubos químicos. Aperte o play!

Ouça aqui: https://linktr.ee/podcastvozesdoagro

 

FJP APRESENTA INDICADORES REGIONAIS DO AGRONEGÓCIO MINEIRO

Dois estudos da Fundação João Pinheiro (FJP) foram apresentados em debate com o subsecretário da SEAPA, João Ricardo Albanez, hoje, por meio do canal do Youtube. O primeiro estudo trouxe a especificação dos indicadores: multiplicadores de produção, índice de dispersão e índice puro de ligação normalizado das regiões geográficas intermediárias.

No segundo estudo, foram analisadas as exportações e importações do agro, utilizando como alternativa de análise dos fluxos de comércio internacional a segmentação da ‘classificação por grandes categorias econômicas’ (CGCE) da agropecuária e da agroindústria por bens de consumo, bens de capital, bens intermediários e combustíveis e lubrificantes.

“Os estudos são referências para o trabalho e direcionamento de políticas públicas para o desenvolvimento regional e do nosso estado como um todo. Especialmente, para o fomento das atividades produtivas que se sobressaem nas localidades, mas, mais ainda, para o direcionamento para diversificação produtiva e formalização dos agentes das cadeias produtivas e para agregação de valor, com a agroindustrialização. Somando-se a isso, faz-se, cada vez mais necessário o investimento direto na melhoria da infraestrutura e desburocratização, de modo que as regiões que apresentaram indicadores mais baixos consigam avançar e termos, no todo do estado, crescimento do PIB do Agronegócio.” - Aline Veloso, assessora econômica do Sistema FAEMG

Leia mais: http://www.sistemafaemg.org.br/noticias/indicadores-regionais-do-agronegocio-mineiro



 

PROTEÇÕES FINANCEIRAS PARA O PRODUTOR RURAL

A CNA está promovendo um importante evento sobre Proteções Financeiras para o Produtor Rural mercado de milho e soja, leite e corte. O encontro acontecerá nos dias 30 e 31 de maio, de forma remota e gratuita.

Para fazer inscrição basta acessar o link a seguir: https://cnabrasil.org.br/formularios?form=protecoes-financeiras

 

SEMINÁRIO DE DEFESA AGROPECUÁRIA INTEGRADA