Conheça a FAEMG

A FAEMG (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais) defende os interesses dos produtores rurais do estado.

Crédito Rural

Veja informações sobre os financiamentos destinados aos produtores rurais, cooperativas ou associações para fomentar a produção e comercialização de produtos agropecuários.

Meio Ambiente

Acesse informações técnicas sobre a gestão ambiental na atividade agropecuária em Minas Gerais.

Informações Jurídicas

Acesse os documentos disponibilizados pela Assessoria Jurídica para auxiliar os produtores rurais.

Contribuição Sindical
Leiloeiros Rurais

Veja todas as informações sobre os leiloeiros rurais do estado de Minas Gerais.

Compartilhe

1º Concurso de Qualidade de Cafés do Sindiboa

SINDICATOS
ESCRITO POR LISA FÁVARO, DE LAVRAS
01/12/2020 . SINDICATOS, FAEMG

O Sindicato dos Produtores Rurais de Boa Esperança (Sindiboa) e a empresa Cabral Specialty Coffee, com apoio do Sistema FAEMG/SENAR/INAES, promoveram o 1º Concurso de Qualidade de Cafés “Good Hope Coffee”. O evento recebeu 67 amostras de Boa Esperança e região nas categorias natural e cereja descascado. A etapa final e a premiação ocorreram nesse sábado (28) no salão de eventos do Sindiboa.

“O concurso foi um sucesso! É uma satisfação imensa para gente que idealizou, planejou e organizou o concurso. Foi um intenso trabalho nos últimos três meses, tudo muito bem preparado pelos nossos parceiros e apoiadores. Esperamos que esse seja o primeiro de muitos. Só tenho a agradecer a todos os envolvidos que acreditaram no nosso evento”, afirmou o presidente do sindicato, Henrique Pacheco.

Henrique Pacheco (à esquerda), com os vencedores do Good Hope Coffee, da Agropecuária JM

Good Hope Coffee

A seleção dos dez finalistas foi feita pelo instrutor do SENAR, Q-grader e proprietário da empresa realizadora do concurso, Gilmar Cabral, com suporte de sua equipe. A prova de xícara foi transmitida ao vivo pelas mídias sociais do sindicato.

Seis Q-graders avaliaram fragrância e aroma, acidez e corpo dos cafés, atributos que fizeram parte da etapa de análise sensorial do concurso. Após essa avaliação, as notas foram lançadas na planilha. Segundo Gilmar, o café que recebeu nota acima de 85 de pontos é considerado um café especial.

“Sinto-me realizado por contribuir com um evento de café na minha cidade. Quando recebi o convite do Sindiboa, fiquei honrado e feliz. Já participei e realizei concursos em vários lugares do país, mas, quando é na nossa cidade, é muito diferente, inexplicável”, contou Gilmar.

Ao lado do cafeicultor

Os dez finalistas, representantes de empresas e instituições parceiras acompanharam o concurso e, entre os convidados, estava o vice-presidente de Finanças do Sistema FAEMG e presidente das comissões Nacional e Estadual do Café, Breno Mesquita.

“A FAEMG apoia toda ação que faz com que o produtor ganhe mais e melhore a sua capacidade produtiva, sempre em parceria com os sindicatos dos produtores rurais. A iniciativa do Sindicato de Boa Esperança foi fantástica e cabe a nós apoiar, prestigiar e estarmos juntos”, destacou.

Breno Mesquita (ao centro), durante bate papo com os produtores

Reconhecimento

  • 1º lugar – Agropecuária JM Ltda – 88,79 pontos
  • 2º lugar – Alessandra Vilela Fagundes – 88,17
  • 3º lugar – Elias Reis Monteiro – 87 pontos

Os dez finalistas do concurso recebem diploma e produtos. Já os primeiros lugares receberam troféus, premiação em dinheiro e equipamentos agrícolas.

“Fiquei muito feliz com o resultado. Fizemos um processo de fermentação controlada, fomos aplicando a levedura. Tudo foi acompanhado de perto. Foi um trabalho em família. Estamos sem palavras. O sentimento é de gratidão”, contou, feliz, a ganhadora do concurso da empresa Agropecuária JM Ltda, Mariana Araújo.