Conheça a FAEMG

A FAEMG (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais) defende os interesses dos produtores rurais do estado.

Crédito Rural

Veja informações sobre os financiamentos destinados aos produtores rurais, cooperativas ou associações para fomentar a produção e comercialização de produtos agropecuários.

Informações Jurídicas

Acesse os documentos disponibilizados pela Assessoria Jurídica para auxiliar os produtores rurais.

Contribuição Sindical
Leiloeiros Rurais

Veja todas as informações sobre os leiloeiros rurais do estado de Minas Gerais.

Compartilhe

Produtores de Sobrália recebem visitas técnicas

ATEG BALDE CHEIO
ESCRITO POR DIEGO SOUZA , DE GOVERNADOR VALADARES
14/12/2021 . SINDICATOS, SENAR, FAEMG

Produtores rurais de Engenheiro Caldas, Fernandes Tourinho e Sobrália estão participando do Programa de Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) Balde Cheio, promovido pelo Sistema FAEMG/SENAR/INAES/SINDICATOS em parceria com o Sindicato dos Produtores Rurais de Sobrália. A partir da próxima semana, um novo ciclo de visitas será realizado aos participantes.

“Nesta fase que iniciaremos agora, vamos trabalhar o planejamento junto com os produtores. No começo do programa, o grande desafio com o qual me deparei, na maior parte das propriedades, foi a falta de alimento para o gado. Praticamente 90% dos produtores não tinham estoque de alimento para o inverno e sofreram com o preço dos insumos e a compra de volumoso em outras cidades”, revelou o técnico de campo Paulo Sérgio Rodrigues Junior, que acompanha o grupo.

A orientação dele para superar o problema é investir em compras coletivas de insumos e firmar parcerias com prefeituras da região para disponibilizar equipamentos agrícolas. “Também estamos fazendo um planejamento de forragem para que esses produtores não passem essa dificuldade no próximo ano, especialmente no inverno”.

Instrutor Paulo (máscara) e o produtor Douglas

Douglas Neves Andrade tem uma propriedade no Córrego Passarinho, em Sobrália. Ele é um dos 27 produtores atendidos pelo ATeG Balde Cheio. “O ATeG chegou no momento certo para mim, porque estou começando na pecuária de leite e surgem muitas dúvidas. Há muita falta de informação e a gente não tem onde procurar. Por isso, digo que o programa caiu como uma luva e tem me ajudado bastante em todas as situações, indo além da parte financeira e administrativa da empresa”, afirmou.

O gerente regional do Sistema FAEMG/SENAR/INAES/SINDICATOS em Governador Valadares, Luiz Ronilson de Araújo Paiva, destacou a importância do ATeG Balde Cheio para os produtores da região. “É direcionado a quem nunca recebeu assistência regular e tem duração de dois a quatro anos. Por isso, avaliamos como importantíssima a participação desses produtores, que, certamente, terão maior capacidade de gerenciar a sua produção e a sua propriedade ao final do ATeG”.