Conheça a FAEMG

A FAEMG (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais) defende os interesses dos produtores rurais do estado.

Crédito Rural

Veja informações sobre os financiamentos destinados aos produtores rurais, cooperativas ou associações para fomentar a produção e comercialização de produtos agropecuários.

Meio Ambiente

Acesse informações técnicas sobre a gestão ambiental na atividade agropecuária em Minas Gerais.

Informações Jurídicas

Acesse os documentos disponibilizados pela Assessoria Jurídica para auxiliar os produtores rurais.

Contribuição Sindical
Leiloeiros Rurais

Veja todas as informações sobre os leiloeiros rurais do estado de Minas Gerais.

Compartilhe

Sistema FAEMG analisa destaques

PLANO SAFRA
ESCRITO POR ASCOM
23/06/2021 . SISTEMA FAEMG, SINDICATOS, FAEMG

O Sistema FAEMG divulgou vídeo analisando os principais pontos do Plano Agrícola Pecuário – PAP 21/22, anunciado nesta terça-feira (22/6) pelo Governo Federal.

Veja abaixo:

A gerente Técnica do Sistema FAEMG, Aline Veloso, explica que o PAP é uma sinalização muito importante de política pública para o mercado de crédito rural no país. O planejamento é a referência de necessidades de recursos do setor produtivo no mercado privado e, por isso, a recente aprovação da Nova Lei do Agro, o FIAGRO e o CRA Garantido.

“Parabenizamos o Ministério da Agricultura e sua equipe pela negociação no curto período para que os recursos da ordem de R$ 251,2 bilhões para as linhas de crédito, sendo R$ 13 bilhões em recursos equalizados, fossem garantidos, após o imbróglio orçamentário e situação fiscal pela qual passa o país e aprovação do PLN 4. 

Por outro lado, Aline destaca como ponto negativo o aumento da taxa de juros - possível reflexo da SELIC e as condições macroeconômicas - e como isso pode influenciar a captação de recursos das instituições financeiras para o crédito rural.

“A recomendação aos produtores rurais é bastante atenção quanto aos custos na contratação do crédito rural, registros de cédulas, contratação do seguro rural, projetos técnicos, para utilizar os recursos do crédito oficial e buscar o crédito privado com atenção, negociando as taxas, sinalizado pelo que foi anunciado. Verificação dos seus custos e gestão são fundamentais”.

RESUMO PAP 2021/2022

Pontos positivos:

1.    Aumento do volume de recursos, especialmente para pequenos e médios produtores e para os programas de investimento.


Programas de investimento:

2.    Elevação da renda bruta anual (RBA) para enquadramento dos produtores no Pronaf e no Pronamp
Pronaf: de R$ 415 mil para R$ 500 mil (+20,5%)
Pronamp: de R$ 2 milhões para R$ 2,4 milhões (+20%)
O pleito do Sistema CNA era aumento de 32%, RBA de R$ 550 mil para Pronaf e R$ 2,65 milhões para Pronamp.

3.    Subvenção ao crédito rural passou de R$ 11,5 bilhões em 2020 para R$ 13 bilhões em 2021 - orçamento da União
O pleito era de R$ 15 bilhões.

4.    SEGURO RURAL:
Aumento do limite de recursos que o produtor pode acessar em subvenção ao prêmio do seguro rural, de R$ 48 mil para R$ 60 mil, para as atividades agrícolas.
ZONEAMENTO AGRÍCOLA DE RISCO CLIMÁTICO – avanços nas pesquisas EMBRAPA e informações de risco para diferentes produtividades esperadas e níveis tecnológicos, validação em reuniões regionalizadas.

5.    Incentivo à produção de milho e sorgo: Resolução 4.906/2021-CMN ampliou o limite de crédito para produtores de milho e sorgo de R$ 3 milhões para R$ 4 milhões (grandes produtores), e de R$ 1,5 milhão para R$ 1,75 milhão para médios produtores.

6.    Programa ABC passou a financiar:

  • Unidades de produção de bioinsumos e biofertilizantes
  • Sistemas de geração de energia renovável.
  • Limite de crédito coletivo, até R$ 20 milhões, para a geração de energia elétrica, a partir de biogás e biometano.


Ponto negativo:

 

Foto da abertura da matéria: Wenderson Araujo/Trilux