Conheça a FAEMG

A FAEMG (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais) defende os interesses dos produtores rurais do estado.

Crédito Rural

Veja informações sobre os financiamentos destinados aos produtores rurais, cooperativas ou associações para fomentar a produção e comercialização de produtos agropecuários.

Meio Ambiente

Acesse informações técnicas sobre a gestão ambiental na atividade agropecuária em Minas Gerais.

Informações Jurídicas

Acesse os documentos disponibilizados pela Assessoria Jurídica para auxiliar os produtores rurais.

Contribuição Sindical
Leiloeiros Rurais

Veja todas as informações sobre os leiloeiros rurais do estado de Minas Gerais.

Compartilhe

Três Pontas valoriza o Turismo Rural com novos agentes

PROGRAMA AGENTE DE TURISMO RURAL
ESCRITO POR GISELE NISHIYAMA, DE LAVRAS
19/07/2022 . SISTEMA FAEMG, SINDICATOS, SENAR

O Sindicato dos Produtores Rurais de Três Pontas promoveu, na Praça da Matriz da cidade, o encerramento do Programa Agente de Turismo Rural, iniciado em novembro de 2021. A ação foi parte da programação da 10ª Edição do Festival Canto Aberto. De acordo com o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Três Pontas, Leonardo Reis, a cidade é valorizada pelo seu café, música e fé, e conta com várias fazendas coloniais. “Através do Programa, divulgamos a nossa região e exploramos mais as nossas belezas naturais. Isto tudo com a integração do café ao turismo rural”.

Formandos durante o evento na Praça da Matriz da cidade

Roteiros turísticos

O instrutor do Programa, o turismólogo e mestre em Conservação da Biodiversidade e Sustentabilidade, Gustavo Toledo, comentou as iniciativas criadas com a conclusão do Programa. “Ao todo foram 10 formandos, sendo que a grande maioria possui propriedade rural no município. A turma formatou e lançou dois novos roteiros turísticos que já estão sendo comercializados por uma agência de viagens local. Tais roteiros oferecem a oportunidade para que o turista possa conhecer o dia a dia de quatro propriedades de café que já são abertas ao público”.

Alguns alunos já estão até colocando em prática os conhecimentos, como contou Gustavo: “Zilda, uma das participantes, vem recebendo grupos escolares na Fazenda do Mato, propriedade que possui uma sede com 300 anos, onde se preserva a história ligada ao período da escravidão. Outro participante, o Guilherme, durante o programa teve a iniciativa de promover um evento na Fazenda Córrego das Pedras, o que possibilitou a 200 turistas acompanharem o pôr do sol e o nascer da lua num mirante na lavoura de café que fica ao pé da Serra de Três Pontas”.

Roteiros montados durante o programa

O evento na Fazenda Córrego das Pedras foi criado por Guilherme Miranda Abreu, que classifica o momento como “mágico”. “Foi um sonho se materializando em um evento lindo, que deixou um gostinho de quero mais. O momento em que vivemos no Pé da Serra Experience foi mágico, um pontapé inicial para outras grandes experiências. Agradeço a todos que, desde o início, acreditaram que seria incrível e encararam de corpo e alma o frio, a poeira, o sol, a lua, o cair da noite, a fogueira, música boa, enredos e cenários para essa história que começamos a trilhar”. Ele ainda adiantou que a próxima edição do evento será nesta sexta-feira, dia 22.

Benefícios para todos

A participante Fabíola Sandy Reis Dutra também faz uma avaliação positiva da experiência que obteve através do Programa. “Foi maravilhoso, ele de fato capacitou os agentes para trazer o turismo para Três Pontas. Todos prepararam as suas propriedades para tratar o turista da melhor forma, com maior conforto. Através do curso nós pudemos ver as nossas potencialidades. Foram diversas contribuições não só para os agentes, mas para a cidade e regiões vizinhas, possibilitando gerar mais empregos, e isto é maravilhoso”.

O instrutor Gustavo acredita que o Programa, por onde passa, deixa um legado. “O Agente de Turismo Rural vem exatamente ao encontro do perfil dos turistas que buscam experimentar o verdadeiro turismo rural, ou seja, estar em contato direto com as atividades de uma propriedade rural. E, por fim, visualizando a sustentabilidade das ações, destaco da importância de, daqui para frente, ofertar algum projeto complementar de assistência técnica no segmento do Turismo Rural, em parceria com as entidades parceiras em Três Pontas”.