Conheça a FAEMG

A FAEMG (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais) defende os interesses dos produtores rurais do estado.

Crédito Rural

Veja informações sobre os financiamentos destinados aos produtores rurais, cooperativas ou associações para fomentar a produção e comercialização de produtos agropecuários.

Informações Jurídicas

Acesse os documentos disponibilizados pela Assessoria Jurídica para auxiliar os produtores rurais.

Contribuição Sindical
Leiloeiros Rurais

Veja todas as informações sobre os leiloeiros rurais do estado de Minas Gerais.

Compartilhe


Abanorte Fruit coloca em pauta a fruticultura irrigada

FRUTICULTURA
ESCRITO POR RICARDO GUIMARÃES, DE MONTES CLAROS
22/03/2023 . SISTEMA FAEMG, SINDICATOS, SENAR, FAEMG

Potencialidades e perspectivas para o setor serão debatidas em

 Janaúba, no Norte de Minas  

 

Com uma programação intensa e diversificada, a 4ª edição do Abanorte Fruit Connections e Workshop Banana Fit prometem reunir em Janaúba, no Norte do estado, produtores rurais em debates e atualizações técnicas sobre a fruticultura irrigada. A proposta do evento, que acontece entre os dias 27 e 30 de março, visa debater os desafios e as oportunidades do segmento, e contará com palestras e mesas redondas temáticas.

Iniciativa da Associação Central dos Fruticultores do Norte de Minas – Abanorte, e com apoio do Sistema Faemg Senar e do Sindicato dos Produtores Rurais de Janaúba, a expectativa é que a programação venha somar com o trabalho que é desenvolvido pelos produtores rurais em campo.

“O evento tem o conteúdo programático todo construído a partir do que os fruticultores apresentam de dificuldades, dúvidas e dores. É uma integração, transferência de tecnologia, que atrai produtores rurais e profissionais ligados à fruticultura de todo o país. O evento traz muito conhecimento ao campo. Hoje na nossa região temos produtores cada vez mais abertos e preparados para receberem essas tecnologias, que vão ser apresentadas durante a programação, especialmente em se tratando de fruticultura que é uma atividade produtiva muito importante para o Norte de Minas”, pontua o presidente do Sindicato Rural, Huarrison Antunes Cangussu.

Presidente do Sindicato Rural, Huarrison Antunes Cangussu.

 

O poder da fruticultura

Segundo levantamento da Abanorte, o Norte de Minas conta hoje com cerca de 35 mil hectares de frutas cultivadas, representando em torno de 27% da produção do estado de Minas Gerais. Desse total, 22 mil hectares são especificamente dedicados ao plantio de banana, prata e nanica, e o restante explora outras riquezas, como manga, limão e mamão. Semanalmente, 700 caminhões de frutas, com cerca de 12 mil toneladas, saem da região para diversos mercados nacionais.

Em 2022, o Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) aprovou a Indicação Geográfica (IG), na modalidade Indicação de Procedência (IP), para a produção de banana, manga, mamão e limão tahiti, produzidos na região do Projeto de Irrigação Jaíba, onde estão inseridos cerca de 2.500 fruticultores, divididos em diversos municípios da região.

 

 Marca territorial

Objetivo da programação é debater o cenário e aumentar atuação técnica na fruticultura 

A organização vai aproveitar a grande participação de produtores rurais e entidades vinculadas ao agronegócio para também lançar uma nova iniciativa, a marca territorial denominada “100% Nortineira”, que busca potencializar e valorizar a produção regional de frutas.

“Optamos em lançar a marca dentro do evento pela capacidade de mobilização que ele traz, podendo comunicar dentro e fora do território, já que contaremos com a participação de diversas entidades e atores políticos. A construção deste movimento, com extensa participação dos fruticultores locais, tem o objetivo de identificar os atributos da fruta e comunicar isso para a rede de distribuição e consumidor final. O Norte de Minas é um grande polo de produção. O clima, a topografia da região e a qualidade do solo favorecem que a nossa fruta tenha um sabor diferenciado”, afirma a presidente da Abanorte e da Comissão Técnica de Fruticultura da Faemg, Nilde Antunes Rodrigues Lage.

 

Programação

Dentro da programação, o evento vai trazer abordagens sobre inovação tecnológica; agricultura de precisão; iniciativas de sustentabilidade; perspectivas da fruticultura de exportação; mercado consumidor; manejo e controle de pragas, entre outros.

O primeiro painel, na abertura dos trabalhos, será coordenado pelo Sistema Faemg Senar, com o tema "Organização Setorial conectada com inovação tecnológica", e contará com palestras dos vice-presidentes Weber Bernardes e Renato Laguardia; da gerente de sustentabilidade, Mariana Ramos; da assessora de sustentabilidade, Ana Paula Mello; e do instrutor do Senar Minas, Cássio Caixeta.

No segundo dia de evento, na terça-feira, 28 de março, o presidente do Sistema Faemg, Antônio de Salvo, será o mediador da mesa redonda "Brasil: Uma potência agroambiental".

Toda a programação acontece no tatersal de eventos do Sindicato Rural de Janaúba, dentro do Parque de Exposições da cidade. No site oficial do evento é possível ver mais detalhes dos demais palestrantes e dias de trabalho, através do endereço:  www.abanortefruitconnections.com.br.

 

}