Conheça a FAEMG

A FAEMG (Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Minas Gerais) defende os interesses dos produtores rurais do estado.

Crédito Rural

Veja informações sobre os financiamentos destinados aos produtores rurais, cooperativas ou associações para fomentar a produção e comercialização de produtos agropecuários.

Informações Jurídicas

Acesse os documentos disponibilizados pela Assessoria Jurídica para auxiliar os produtores rurais.

Contribuição Sindical
Leiloeiros Rurais

Veja todas as informações sobre os leiloeiros rurais do estado de Minas Gerais.

Compartilhe


Sistema Faemg Senar na abertura da Abanorte

FRUTICULTURA
ESCRITO POR RICARDO GUIMARÃES, DE MONTES CLAROS
28/03/2023 . SISTEMA FAEMG, SINDICATOS, SENAR, INAES, FAEMG

A força do agro mineiro e as estratégias para uma produção rural cada vez mais sustentável, rentável e que conquiste novos mercados. Assim foi o primeiro dia de programação na 4ª edição do Abanorte Fruit Connections e Workshop Banana Fit em Janaúba, no Norte do estado. A equipe do Sistema Faemg Senar coordenou o primeiro painel de debate do evento, expondo aos participantes o trabalho desenvolvido em todo o estado e o impacto de uma atuação cada vez mais técnica e profissional no campo. A região onde está inserida Janaúba e as cidades que fazem parte do perímetro de irrigação do Projeto Jaíba, chamada de Serra Geral, conta com cinco grupos em andamento do Programa de Assistência Técnica e Gerencial – ATeG para fruticultura.  

uiaA abertura da Abanorte, na segunda-feira (27/3), contou com as palestras dos gerentes do Sistema Faemg Senar Bruno Rocha de Melo e Mariana Ramos

“Trouxemos um conteúdo especial para contribuir para este evento, que é referência da fruticultura no país. Mostramos como é o Sistema Faemg Senar, a nossa atuação, serviços e a representatividade aos produtores rurais. A Faemg, em todos os cantos de Minas Gerais, apoia e leva conhecimento ao produtor rural mineiro”, resumiu o gerente de assistência técnica e gerencial e gerente executivo técnico do Sistema Faemg Senar, Bruno Rocha de Melo.

No primeiro dia, o evento contou com diversos públicos: produtores rurais da região, representantes de entidades de pesquisa e do agronegócio, equipes de trabalho dos sindicatos rurais de Janaúba e Jaíba/Matias Cardoso e empresários da fruticultura.

Sustentabilidade foi um dos temas abordados no primeiro dia pela gerente de sustentabilidade do Sistema Faemg Senar, Mariana Ramos, e pela assessora Ana Paula Mello que apresentaram estratégias para a agricultura regenerativa e os desafios e oportunidades do agro sustentável.

“O objetivo da palestra foi mostrar a importância de repensar, inovar os processos para manter a atividade em crescimento e de forma sustentável. Para exemplificar, apresentamos algumas das várias ferramentas que compõe ações em busca de uma agricultura regenerativa, visando sempre a melhoria da saúde do solo. O grande desafio é ampliar o uso dessas práticas e aumentar a capacidade de armazenar carbono no solo e garantir a perenidade da produção de forma sustentável. Além disso, atender o mercado cada vez mais exigente por produtos advindos de uma produção limpa e sustentável”, explicou Mariana Ramos.

No período da tarde, a agricultura de precisão para fruticultura foi tema de palestra. Com uso de drones e transformação digital, a equipe do NovoAgro Ventures ministrou o conteúdo.

  

Curso pioneiro

Ao final do primeiro dia de apresentações, o Sistema Faemg Senar entregou, junto com a diretoria da Associação Central dos Fruticultores do Norte de Minas – Abanorte, os certificados aos primeiros alunos que concluíram o curso pioneiro: “Trabalhador na Administração de Empresas Agrossilvipastoris / AVV - Negociação e Comercialização na Fruticultura”. Ao todo, 13 pessoas finalizaram as aulas, que têm o objetivo de ampliar o conhecimento dos fruticultores com relação às estratégias de mercado.

Segundo o gerente regional do Sistema Faemg Senar, Dirceu Martins, a demanda pelo curso foi “uma provocação da Abanorte e do Sindicato Rural de Janaúba, especificamente voltado para atender as demandas de maior conhecimento sobre comércio e mercado dentro do panorama da produção regional”. O curso fez parte das ações do projeto de marca territorial ‘100% Nortineira’, que busca maior valorização das frutas produzidas no Norte de Minas.

Lucas Colares Moreira, fruticultor em Janaúba, acompanhou a programação do dia de abertura do evento e foi um dos alunos certificados. Para ele, o momento é de somar esforços para que a produção de frutas ganhe cada vez mais projeção.

“É importante entender as ferramentas que temos em mãos, a oferta e a demanda das praças consumidoras, facilitar o diálogo entre os produtores. O curso que fizemos veio para agregar em tudo isso. Precisamos trabalhar da porteira para fora, trabalhar o produto agregando valor. E a marca Nortenieira está chegando exatamente para mostrar esse potencial que temos. Sabemos produzir, mas estamos pecando na hora de mostrar nossos diferenciais, como manejo, qualidade do produto e os cuidados com a sustentabilidade. Essa marca veio para auxiliar a divulgar ainda mais o que é feito na região”.

Programação

Nesta terça-feira, 28 de março, segundo dia de evento, o presidente do Sistema Faemg, Antônio de Salvo, será o mediador da mesa redonda "Brasil: Uma potência agroambiental".

Toda a programação do Abanorte Fruit Connections é a realizada no tatersal de eventos do Sindicato Rural de Janaúba, dentro do Parque de Exposições da cidade. No site oficial do evento, é possível ver mais detalhes dos demais palestrantes e dias de trabalho, pelo endereço:  www.abanortefruitconnections.com.br.

}